Clique aqui para visitar a página inicial do EUFIC
Segurança E Qualidade Alimentar
Tecnologia Alimentar
Food Risk Communication
Nutrição
Saúde E Estilo De Vida
Doenças Relacionadas Com A Alimentação
Perspectivas dos consumidores
(Apenas em Inglês)
Estímulo à reflexão
(Apenas em Inglês)
Iniciativas da União Europeia
(Traduzido parcialmente)
Destaques
Balanço energético

Nós aderimos aos princípios da charte HONcode da Fondation HON Nós aderimos aos princípios da carta HONcode.
Verifique aqui.



FOOD TODAY 09/2001

Nutrição e o Sistema Imunitário

Food TodayO nosso sistema imunitário protege-nos contra as bactérias, vírus, e outros organismos causadores de doença. Este é um eficiente e complexo sistema de defesa. Como é que o que comemos pode afectar o sistema imunitário?
O sistema imunitários constitui a nossa defesa contra as doenças. Dada a sua complexidade, é extremamente difícil avaliar os efeitos da dieta na nossa função imune. Contudo, resultados de estudos têm identificado que alguns factores dietéticos afectam a resposta imunitária humana.
 
A ingestão energética tem mostrado ter uma importante influência na actividade imune. Os indivíduos desnutridos apresentam um elevado risco de contrair infecções. Os regimes de emagrecimento usados, com menos de 1200 kcal por dia, também podem reduzir o sistema imunitários, o que é uma boa razão para evitar as “dietas milagrosas” e pouco saudáveis. Uma ingestão calórica excessiva também pode comprometer a capacidade do sistema imunitário de combater as infecções. A obesidade está relacionada com o  aumento da taxa de incidência de doenças infecciosas; além disso, os indivíduos obesos estão propensas a desenvolver doença coronária, que está relacionada com alterações da função imune.
 
Reduzir a gordura da dieta é importante para controlar o peso corporal, mas também para um bom funcionamento do sistema imunológico. Dietas ricas em gordura reduzem a resposta imunitária e aumentam o risco de infecção. Reduzindo o conteúdo em gordura na dieta conseguimos aumentar a actividade imunitária. Esta situação não só previne as infecções, como também fortalece o tipo de células imunes, que conseguem lutar contra as células tumorais. Contudo não é apenas a questão da quantidade de gordura, mas também a origem desta; assim, é importante incluir na dieta pescado azul, frutos secos, soja ou azeite de linhaça, uma vez que são necessários para assegurar um equilíbrio correcto dos diferentes ácidos gordos.
 
O consumo regular de produtos lácteos fermentados, como o iogurte ou kefir, pode aumentar as defesas imunitárias no intestino. Resultados de pesquisas recentes sugerem que o iogurte faz com que certas bactérias (chamadas de probióticas) tenham um efeito benéfico sobre o sistema imune. Por exemplo, um estudo feito com voluntários humanos, em que comeram um iogurte por dia feito com bactérias probióticas específicas, mostrou uma maior resistência aos microrganismos que causam intoxicações alimentares. São necessários mais estudos para confirmar esta situação. Para uma manutenção do sistema imunitário é necessário um consumo regular de todas as vitaminas e minerais, que pode ser assegurado por uma dieta equilibrada, abundante em frutas, vegetais e iogurtes numa base constante. Até à data, a maioria dos estudos indicam que a suplementação não estimula a resposta imunológica nos indivíduos saudáveis e bem-nutridos. Contudo, estudos recentes acerca dos idosos demonstram que um suplemento multivitamínico e mineral pode melhorar a sua imunidade.
 
Referências
  • NUTRITION AND IMMUNITY IN MAN by Lillian Langseth
    ILSI Europe Concise Monographs, 1999 International Life Sciences Institute
Podcasts relacionados
Obesity, Regime Alimentar (dieta) e controlo de peso, Dietary fibre
Nutrigenomics, Obesity, Regime Alimentar (dieta) e controlo de peso
SOBRE O EUFIC
O European Food Information Council ou EUFIC (Conselho Europeu de Informação Alimentar) é uma organização sem fins lucrativos, que fornece informação científica sobre segurança e qualidade alimentar, nutrição e saúde, aos meios de comunicação, profissionais de nutrição e saúde, educadores e líderes de opinião pública, de uma forma facilmente compreensível pelos consumidores.

Ler mais
A última actualização deste site foi efectuada em 22/04/2014
Ver todos os resultados da procura